Quem sou eu

Minha foto
Araranguá, Santa Catarina, Brazil
Sou uma pessoa que apesar de meus 90 anos,recém feitos, estou sempre querendo aprender mais e mais. Agora que a tecnologia nos oferece meios cada vez mais eficazes, deixo que minha imaginação sorva tudo o que de bom e possivel para meu aprendizado. Acompanhando tantos blogues lindos arrisquei, com ajuda de meu neto Artur, a compor um no qual exponho minhas telas à óleo. Sou autodidata e pinto desde meus 12 anos. Outro hobby é o cultivo de orquídeas as quais requerem cuidados especiais tomando muito tempo, mas que me dão um prazer indescritivel na época da floração. Dedico ainda algumas horas semanais a um trabalho voluntário na Pastoral da Saúde, onde se ensina o uso de fitoterápicos como medicação alternativa. E assim vou levando a vida, este dom maravilhoso que Deus nos legou, de um modo saudavel, alegre e feliz na companhia de meu sempre amado e dedicado esposo com o qual estou casada há 69 anos e de nossos filhos, netos e bisnetos muito amados.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

UM AGRADECIMENTO

Cada dia que entro no meu blog deparo com novos visitantes locais ou mesmo de países longínquos. Quero expressar aqui minha gratidão pela alegria que isto me causa.
São pessoas que por ali passam, por curiosidade, por simples acaso ou por indicação de algum amigo.
São pessoas semelhantes a mim, que visito muitos blogs, mas sempre gosto de marcar minha presença com algum comentário. Sinto que esses são bem vindos e que nos deixam mais feliz.
Desejo a todos os blogueiros visitantes, muito sucesso e aqui deixo um abraço com meu agradecimento.

sábado, 18 de junho de 2011

Marrecas num riacho



Senti uma paz muito grande quando deparei com esta gravura e me propuz a passá-la para uma tela. Aves migratórias, as marrecas passam em bandos quando migram para outras paragens e ao deparar com lagos ou riachos, elas pousam para um breve descanso. É lindo ver-se o companheirismo e o entendimento entre elas. Gostaria de ouví-las quando estão em alvoroço, se banhando ou pescando algum peixe para garantir a jornada que terão de enfrentar.