Quem sou eu

Minha foto
Araranguá, Santa Catarina, Brazil
Sou uma pessoa que apesar de meus 90 anos,recém feitos, estou sempre querendo aprender mais e mais. Agora que a tecnologia nos oferece meios cada vez mais eficazes, deixo que minha imaginação sorva tudo o que de bom e possivel para meu aprendizado. Acompanhando tantos blogues lindos arrisquei, com ajuda de meu neto Artur, a compor um no qual exponho minhas telas à óleo. Sou autodidata e pinto desde meus 12 anos. Outro hobby é o cultivo de orquídeas as quais requerem cuidados especiais tomando muito tempo, mas que me dão um prazer indescritivel na época da floração. Dedico ainda algumas horas semanais a um trabalho voluntário na Pastoral da Saúde, onde se ensina o uso de fitoterápicos como medicação alternativa. E assim vou levando a vida, este dom maravilhoso que Deus nos legou, de um modo saudavel, alegre e feliz na companhia de meu sempre amado e dedicado esposo com o qual estou casada há 69 anos e de nossos filhos, netos e bisnetos muito amados.

sexta-feira, 28 de maio de 2010





O anoitecer

Até a calhandra solitária, imóvel, no telhado, no alto da torrinha, admira o espetáculo, lindo e assustador ao mesmo tempo.
As cores fortes que tonalizam o firmamento, são cores quentes que se preparam para aquecer a noite que se aproxima.
E a calhandra continua solitária, embalada pelo silêncio, aguardando quem sabe, a volta do companheiro desgarrado.

2 comentários:

Lilá(s) disse...

A calhandra ficou ali quietinha admirando o colorido do céu, ou quem sabe posando para a fotografia...linda imagem amiga.
Bjs

Valéria disse...

Marieta, que linda poesia sobre o momento. Você é uma poeta, menina!!
Beijo, Valéria S. Dantas Lopes