Quem sou eu

Minha foto
Araranguá, Santa Catarina, Brazil
Sou uma pessoa que apesar de meus 90 anos,recém feitos, estou sempre querendo aprender mais e mais. Agora que a tecnologia nos oferece meios cada vez mais eficazes, deixo que minha imaginação sorva tudo o que de bom e possivel para meu aprendizado. Acompanhando tantos blogues lindos arrisquei, com ajuda de meu neto Artur, a compor um no qual exponho minhas telas à óleo. Sou autodidata e pinto desde meus 12 anos. Outro hobby é o cultivo de orquídeas as quais requerem cuidados especiais tomando muito tempo, mas que me dão um prazer indescritivel na época da floração. Dedico ainda algumas horas semanais a um trabalho voluntário na Pastoral da Saúde, onde se ensina o uso de fitoterápicos como medicação alternativa. E assim vou levando a vida, este dom maravilhoso que Deus nos legou, de um modo saudavel, alegre e feliz na companhia de meu sempre amado e dedicado esposo com o qual estou casada há 69 anos e de nossos filhos, netos e bisnetos muito amados.

sábado, 27 de março de 2010




Minhas queixas...
Sinto-me abandonada aqui neste cantinho, sobre uma escrivaninha cheia de livros.
Sentada, com as mãos apoiadas sobre as pernas, permaneço imóvel por dias intermináveis.
Por que me tiraram de onde me encontrava, um local onde sempre me tocavam, balançavam-me, mas o que importa é que daqui ainda consigo me ver no grande espelho.
Continuo bonita, mas triste.
Às vezes ouço a voz da moça bonita que me trouxe e me imagino de volta a minha terra... a alegria é passageira pois nem sequer Mili vem me ver.
Assim fico pensando... Como seria bom cortar os céus, singrar os mares e novamente avistar minha querida terra, minha ilha encantadora de onde jamais deveria ter saído, pelo menos lá eu estava entre companheiros iguais a mim...
Então chego sentir lágrimas rolarem pela minha face e aquecer minhas frias e inertes mãos.
Será isto que os humanos sentem quando estão tristes?

... sou apenas uma Marionete...

Nenhum comentário: